terça-feira, 9 de junho de 2009

Trabalho Coleta de Secreção Vaginal - como fazer

Coleta de secreção vaginal e bacterioscopia.


Secreção de uma substância pela vagina. Pode variar em consistência (espessa, pastosa, fina, em cor (clara, turva, colorida) e em cheiro (normal, inodora, fétida).
Considerações gerais
Algumas secreções vaginais são muito comuns em mulheres em idade fértil. Normalmente, as glândulas cervicais produzem uma secreção mucosa clara que desce pela vagina, misturando-se com bactérias,células vaginais eliminadas e secreções da glândula de Bartholin.

Estas substâncias podem(dependendo de quanta mucosa há) fazer com que a mucosa fique esbranquiçada e, quando exposta ao ar, a secreção fique amarelada.
Há períodos durante o ciclo menstrual em que as glândulas cervicais produzem mais muco que em outros, dependendo da quantidade de estrógenos produzido (veja ciclo menstrual). Isso é normal.
A excitação sexual e o estresse emocional também são associados à secreção vaginal normal. Esta secreção é uma secreção clara, do tipo mucosa.
A secreção vaginal pode indicar doenças quando a secreção for anormal em cor, odor ou consistência ou aumentar ou diminuir significativamente em volume.
Com muita freqüência, quando uma secreção anormal é causada por uma doença sexualmente transmissível (DST) ou transmitida através de uma doença sexual, o parceiro sexual também deve ser tratado.
Causas comuns:
Vaginite atrófica (comum em mulheres mais velhas)
vaginite não-específica corpos estranhos (como um absorvente interno esquecido)
Monília (secreção branca, cremosa causada por cândida), um tipo de infecção por levedura)
Tricomonas (secreção branca, espumosa e coceira intensa) doença sexualmente transmissível (se a secreção for cremosa, com odor e sangue)
vaginose bacteriana
drogas (alguns antibióticos ou drogas que contenham estrógenos)
irradiação do trato reprodutivo
excitação sexual (secreção normal)
estresses emocional (secreção normal)
Obs.: Esse problema pode ter outras causas. Esta lista não menciona todas as causas, nem as cita em ordem de probabilidade. As causas desse sintoma podem incluir doenças e medicamentos improváveis. Além disso, as causas podem variar, dependendo da idade e sexo da pessoa afetada, assim como dos seguintes aspectos específicos dos sintomas: características, evolução, fatores agravantes, fatores atenuantes e queixas associadas.
Materiais usados para coleta de Secreção Vaginal:
2 laminas
2 Swab
1 Suporte de Lâmina
1 BHI
Salina
1 espéculo (não usados em crianças, virgens e gestantes)
luvas
fitas de PH
lápis
Qual o procedimento para coleta de Secreção Vaginal?
1.Chame a paciente pelo nome completo.
2.Peça para paciente se deitar.
3.Arrume todo material.
4.Identifique as lâminas com lápis (iniciais do nome e o número do protocólo da paciente).
5.Calce as luvas e pergunte para a paciente se ela não teve relações sexuais e não urinou e nem se lavou durante a noite.
6.Peça licença e introduza o Espéculo
7.Com 1 Swab passe em volta do útero para pegar a secreção e coloca no tubo de BHI.
8.Introduza novamente o outro Swab, passe nas duas laminas mais uma vez em um sentido unico.
9.Guarde o Swab na Salina.
10.Depois passe o SWAB na fitinha de Ph, verificando quanto foi a quantidade de acordo com as cores. Confira a fita e marque nas etiquetas (ou na OBS da paciente) o número do PH
11.Tire o Espéculo e jogue no lixo branco.
12.Identifique a Salina o suporte de lamina e BHIÉ necessário anotar na OBS do paciente se houver alguma alteração como por exemplo mal cheiro, cor, vermelhidão entre outras.
Se for criança, virgem e gestante não pode usar Espéculo.
Mabel...

5 comentários:

  1. Oi, é, eu sou virgem e vou fazer esse exame, tenho só 15 anos e estou muito neurotica, pois nao deixo ninguem tocar em meu corpo. Como é esse "Swab"? e como assim introduzi-lo no utero?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o swab é como um cotonete. Se você é virgem ele vai ser introduzido na sua vagina mas de forma bem superficial.

      Excluir
  2. qual a diferença de fazer o exame sendo ou não virgem?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em virgens a raspagem com o swab é na mucosa vaginal, Não é introduzido, dentro da vagina.
      Ja em mulheree não virgens, é introduzido na vagina e a raspagem é do colo do útero... onde é possível detectar lesões precursoras do câncer... sendo um exame preventivo!

      Excluir
  3. Não entendi direito. Esses materiais são colocados dentro do útero? E no caso da paciente ser virgem, como funciona?

    ResponderExcluir

Em comentar como coloque "Conta Google" para deixar seu email no comentário, ou coloque anônimo e escreva seu nome na mensagem.